• Instituto Inanis

O pulmão e a Medicina Tradicional Chinesa



Os Pulmões são considerados como a residência da Alma Corpórea (Po) que corresponde ao mais material e físico da Alma Etérea, podemos dizer que é a manifestação somática da alma.


O Po no contexto médico está relacionado com a capacidade de movimento, de funcionalidade e sensibilidade, concretamente com a capacidade de sentir dor.


O Po está intimamente ligado à Essência, decorre da mãe e surge logo após a Essência pré-natal de um novo Ser formado. Assim, o Po é o primeiro a vir existir após a concepção (fecundação). A Essência e o Po representam os princípios de organização da vida que dão forma ao corpo, desde a concepção, através dos canais de energia chamados Canais Extraordinários.


O Po está relacionado à nossa vida enquanto indivíduos, enquanto o Hun é responsável por nossas relações com outras pessoas. Assim como o Pulmão contém o Qi de Defesa, que protege o organismo de fatores patogênicos externos em um nível físico, em um nível Mental a Alma Corpórea (Po) protege o indivíduo de influências externas psíquicas. Algumas pessoas são muito facilmente afetadas por influências negativas: isso é devido a fraqueza do Po.


Os pulmões são diretamente afetados pela mágoa e tristeza, ditas emoções tendem a esgotar a energia dos pulmões, as mesmas ainda podem estagnar o Qi do tórax que se evidencia por sensação discreta de aperto do peito e ligeira dificuldade de respirar.


Para finalizar se você sofre destes ou outros problemas emocionais, mentais, espirituais e físicos saiba que a Acupuntura poderá lhe ajudar.


Para conhecer mais sobre os benefícios da MTC agende sua sessão aqui, ou entre em contato pelo telefone (51) 3211.2232.



Dr.ª Kátia Martinello

Acupunturista, professora e Diretora do Instituto Inanís


INSTITUTO INANÍS Contemple sua essência



#atendimento #acupuntura #medicinatradicionalchinesa #mtc

30 visualizações

Siga

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

​© 2016 desenvolvido por Carpes