• Instituto Inanis

Terapia na cozinha

Atualizado: Mai 25


A quarentena é um ótimo momento para desenvolver e aprimorar habilidades culinárias. Afinal de contas, é de extrema importância que se foque no presente, em nosso autocuidado e, imaginem só: cozinhar pode ser muito terapêutico! Cozinhar é uma maneira de expressar o nosso potencial criativo e artístico. Fortalece laços afetivos através do compartilhamento de conhecimentos culinários (e do preparo conjunto das refeições quando isso é possível), além disso, proporciona satisfação com o resultado, prazer ao consumo e, ainda, dependendo da forma de preparo, saúde física! Com frequência, vejo pessoas (de diferentes faixas etárias e contextos sociais) classificarem a alimentação como pertencente a dois segmentos apenas: "gostosa" porém prejudicial à saúde e; "saudável" contudo sem graça, sem sabor e até mesmo ruim. Será que é só assim mesmo? Será que não dá para ter uma alimentação PRAZEROSA E GOSTOSA e que nos proporcione saúde física também? Será que estamos nos permitindo vivenciar uma alimentação assim? Noto que parte dessas pessoas tem uma certa resistência a se permitir alimentar-se de outras formas além das que já lhes são conhecidas (rica em açúcares, gorduras, etc.), e um dos motivos é porque creem que essas outras formas não vão lhes proporcionar tanto prazer quanto a outra. Será, hein?! Será que não estamos limitados a esse pensamento, dificultando a aceitabilidade de novas maneiras de se alimentar com a ingestão de alimentos equilibrados nutricionalmente e saborosos? Será que não nos engessamos a velhos padrões e formas de comer? Eu sei que pode ser bem difícil se abrir para novas possibilidades, mas esse é o convite de hoje: permitir-se transcender o velho hábito e comportamento, colocando o novo em nosso caminho, nesse caso, em relação a alimentação. Segue abaixo, uma receita simples, prática, com preço acessível (que já vem sido bastante veiculada e conhecida, mas sempre importante lembrarmos de utilizar), que pode ser consumida de lanche, evidenciando que há outras possibilidades interessantes também além do pão, cuca, bolo, salgados fritos (não que esses sejam alimentos proibidos na nossa alimentação, mas existem outras coisas interessantes também pra comer, entende?) Panqueca de banana Ingredientes: . 1 banana; . 1 ovo . 2 colheres de aveia fina ou média, . canela (se desejar) Amasse a banana, misture bem com o ovo, com a aveia e com a canela (se for o caso) até ficar homogêneo. Despeje a mistura em uma frigideira antiaderente boa e após vire de lado. Pronto! Rápido e prático. Dá para comer puro, mas eu gosto muito de comer com requeijão e com pastinha de ricota (posso passar essa receita também, o que acham?). Importante: não esqueça de lavar frequentemente bem as mãos com água e sabão!

Laura Fritsch

Nutricionista

INSTITUTO INANÍS Contemple sua essência

37 visualizações

Siga

  • Facebook Instituto Inanís
  • Instagram Instituto Inanís
  • YouTube - Instituto Inanís

​© 2016 desenvolvido por Carpes