• Instituto Inanis

Relação do Coração com a Medicina Tradicional Chinesa

Atualizado: Jan 30



Para a Medicina Chinesa o Coração abriga a Mente (Shen). O Shen é utilizado para indicar toda a esfera dos aspectos emocionais, mentais e espirituais dos seres humanos. Como o Coração controla as atividades mentais, ele é responsável, pelo discernimento e pela cognição, ele também é conhecido como “raiz da vida e a origem da vida mental”.


A mente apresenta cinco principais funções: Atividade mental (inclusive emoções), consciência, memória, raciocínio e sono.


Quando o Coração é forte e o Sangue é abundante, a atividade mental é normal, a vida emocional é equilibrada, a consciência é clara, a memória é boa, o raciocínio é sagaz e o sono é restaurador. Quando o Coração está fraco e o Sangue é deficiente, o indivíduo pode ter problemas mentais e emocionais, como depressão, déficit de memória, dificuldade de raciocínio, insônia ou sonolência, em casos mais extremos pode haver perda de consciência. Por outro lado, agitação mental, depressão ansiedade e insônia podem causar deficiência de Sangue do Coração e desencadear palpitações, palidez cutânea e pulso fraco ou irregular. Quando o paciente se apresentar inquieto, agitado e não dormir bem, ele terá calor no Sangue do Coração.


Além da atividade mental, a mente também afeta o estado emocional. No nível emocional, o estado do Coração determina a capacidade que um indivíduo tem de estabelecer relacionamentos significativos. O Coração e a mente saudáveis influenciam positivamente nossa capacidade de manter relações com outras pessoas. Quando o Coração é forte a mente também é forte e a pessoa é feliz. Quando o Coração é fraco, a mente é deficiente em vitalidade e o paciente é triste ou deprimido. Quando o Coração estiver em condições de excesso o paciente pode desenvolver sintomas de doença mental inclusive depressão maníaca.


Na Medicina Chinesa o coração também abrange os aspectos espirituais de outros órgãos, especialmente os órgãos Yin (coração, Fígado, Pulmão, Baço e Rim), todos eles afetarão as emoções, mente e o espírito de diversas formas. Cada um dos cinco órgãos Yin está relacionado com algum aspecto espiritual e esses aspectos são conhecidos como os “Cinco Shen” ou as “Cinco Residências de Shen” e eles são:


- Mente (Shen): reside no Coração e é responsável pela consciência, raciocínio, afeições, memória e sono.

- Alma Etérea (Hun): reside no Fígado e é responsável pelo sono, planos, projetos e objetivos de vida.

- Alma Corpórea (Po): reside nos Pulmões e é responsável pelas atividades psicológicas, sensações, visão, audição, olfato e paladar.

- Intelecto (Yi): reside no Baço e é responsável pelo raciocínio, estudo, memória e concentração.

- Força de Vontade (Zhi): reside nos Rins e é responsável pela força de vontade, ímpeto e determinação.


Os cinco órgãos Yin constituem a base fisiológica do espírito. A relação entre eles deve ser conhecida por qualquer acupunturista. O estado de energia (Qi) e Sangue de cada órgão pode afetar a Mente e/ou o Espírito e, por outro lado, distúrbios da Mente ou do espírito afetam um ou mais órgãos internos. Por último a Medicina Chinesa entende que corpo e mente estão estreitamente relacionados e indissolúvel.

Se você sofre de problemas emocionais, mentais, espirituais e físicos saiba que a Acupuntura poderá lhe ajudar.


Para conhecer mais sobre os benefícios da MTC agende sua sessão aqui, ou entre em contato pelo telefone (51) 3211.2232.

Dr.ª Kátia Martinello

Diretora e Acupunturista

INSTITUTO INANÍS Contemple sua essência

#MedicinaTradicionalChinesa #MTC

208 visualizações

Siga

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

​© 2016 desenvolvido por Carpes