• Instituto Inanis

YIN-YANG



Certamente você já ouviu falar nos termos Yin e Yang, originários das tradições orientais. Muitas vezes essas palavras se tornam populares pois seu símbolo é utilizado de diversas formas e com inúmeras finalidades como em objetos de decoração, chaveiros, estampas de camisetas entre outros. Porém, além de uma representação gráfica ao Yin e o Yang também são atribuídos diversos significados, sentidos e sobre tudo são a base da filosofia milenar chinesa.

Essas duas palavras YIN E YANG representam qualidades opostas e ao mesmo tempo complementares. O mais antigo registro do fenômeno Yin-Yang conta que os camponeses ao observarem a natureza, perceberem as alterações cíclicas entre dia e a noite. Atribuíram então Yang ao dia, a atividade, ao masculino e a Yin a noite, o descanso, o feminino. E a partir disso, tudo aquilo que é mais luz, brilho e atividade é Yang e tudo aquilo que é mais escuro, sombrio e calmo é Yin.

Assim como o sol e a lua trabalham em harmonia, o inverno e o verão se complementam, a água e o fogo se alimentam, e todo o universo se relaciona em movimento, Yin e Yang também se opõem e ao mesmo tempo dependem um do outro para existirem. Essa teoria pode explicar todas as relações de um ser com o seu corpo e os seus processos na medica chinesa. É tão profundo e singular adentrar ao mundo yin e yang que talvez o ditado popular mais simples possa nos ajudar, afinal “queremos sempre tudo preto no branco”.

Carina Ceratti


39 visualizações

Siga

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

​© 2016 desenvolvido por Carpes