• Instituto Inanis

Caminho quádruplo - Angeles Arrien



No livro O Caminho Quadruplo, que fala sobre diversas convicções dos xamãs são apresentados quatro arquétipos que podem nos ajudar no autoconhecimento, no desenvolvimento pessoal, nas relações com o mundo, no trabalho e com a família. São aspectos que valem a pena olharmos pois trazem mensagens lindas e nos impulsionam a uma vida mais feliz e harmoniosa. O MESTRE – O arquétipo do Mestre pede-nos que sejamos abertos aos resultados, mas não nos prendamos a eles. Quando expressamos o Mestre, desenvolvemos nossa capacidade de desapego; honramos nossa herança; tornamo-nos mais flexíveis e fluidos, como a Avó Oceano; demonstramos sabedoria e seus componentes de clareza, objetividade e discernimento. Leis: . Quem quer que esteja presente, é a pessoa certa. . Seja quando for que comece, é o tempo certo. . O que quer que aconteça, é a única coisa que poderia ter acontecido. . Quando acaba, acaba. - Esse é o doce território do silêncio! O CURADOR - O arquétipo do Curador pede que estejamos atentos a tudo que tem coração e significado. Desenvolvemos nosso Curador interior quando atendemos às condições e ao bem-estar do coração de quatro câmeras; quando respeitamos e estendemos os braços ao amor por nós mesmos e pelos demais; e quando mantemos um ponto de vista equilibrado com relação à saúde. Sessão de Acalentar: . Agradecer por suas forças. . Agradecer pelas qualidades que aprecia em si. . Agradecer pelas contribuições que faz e que fez. . Agradecer pelo amor que ofereceu e recebeu, e pelo amor que está oferecendo e recebendo. - Bálsamos de cura: contar histórias, cantar, dançar e fazer silêncio.

O VISIONÁRIO – O arquétipo do Visionário pede-nos para dizer a verdade, sem acusar nem julgar. Expressamos o Visionário: quando honramos as quatro formas de ver e o poder da prece; quando exprimimos o que vemos, interior e exteriormente; e quando fazemos vir à tona nosso espírito criativo e nosso ideal de vida. Quatro maneiras de manter a integridade: . Dizer a verdade, sem acusar ou julgar. . Libertação dos padrões de comportamento de negação e indulgências. . Alinhamento entre palavras e ação. . Honrar a si mesmo como se honra aos demais. - Três forças vitais: dinamismo, magnetismo e integração. O GUERREIRO – O Guerreiro é o arquétipo da liderança. Atingimos nossa capacidade de liderança permanecendo em nossa força, mostrando-nos e optando por estar presentes, honrando, respeitando, sendo responsáveis e confiáveis. Habilidades da Liderança: . Honrar e Respeitar . Alinhamento entre palavras e ação. . Respeitar limites e determinações. . Ser responsável e disciplinado. . Demonstrar uso correto do poder. - Três poderes universais: presença, comunhão, posicionamento.

Carina Ceratti

inanis@institutoinanis.com.br


270 visualizações

Siga

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

​© 2016 desenvolvido por Carpes